Rafaela Vale – Acadêmica do 6º semestre de Relações Internacionais da UNAMA.

Ficha Técnica

Ano: 2014

Direção: Dragan Bjelogrlić

Distribuidora: Intermedia Network

Gênero: Comédia

Local de origem: Sérvia

Visado como uma aposta da Sérvia para a 87ª edição do OSCAR para a categoria de Melhor Filme Estrangeiro, Montevideo, vidimo se! É um filme multilíngue que utiliza da comédia para retratar os bastidores da participação do time nacional da Iugoslávia durante a Copa do Mundo da FIFA de 1930, realizada em Montevidéu, Uruguai.

A trama envolve a ascensão do time representante da Iugoslávia no a competição, que chegaram a ser comparados com o time brasileiro, o favorito para vencer até então. Os brasileiros da Europa, como ficaram conhecidos, avançaram para as semifinais do campeonato, dessa forma, surpreendendo a todos e se destacando como uma promessa da edição.

Através da participação do time, é possível detectar traços das dinâmicas das Relações Internacionais do período, notório como a relação de comparações dos jogadores iugoslavos com os norte-americanos — Gerando uma reação negativa –, além de disparidades culturais constantemente realçadas entre os estrangeiros e a população local.

Outro fator a ser considerado é a relação identitária interna entre os grupos formadores da Iugoslávia, vindo a tona de forma discreta por meio de comentários ácidos em situações corriqueiras, como a crítica de um croata habitante longevo do Uruguai, sobre a situação de seu povo perante a formação da Iugoslávia, que o fez preferir abandonar o próprio país.

Em Transcend and Transform: An Introduction to Conflict Work, Galthung (2004) aponta as questões conflituosas da Iugoslávia como a ideia de que o ser humano gostaria de ser liderado, ou governado, por alguém com quem se identificasse, se referindo a complexidade étnica e política envolta na ideia de nação, como um meio em que se converge identificação entre identidade, religião e aspectos culturais entre os povos. Essa divergência na região causa uma divisão de 13 objetivos, relacionadas a objetivos particulares de cada país e de povos dentro de territórios de nações a quais não se identificam.

Tendo em vista esses aspectos, Montevideo, vidimo se! É uma ótima visão sobre união entre grupos tão distintos em prol de um objetivo: o futebol. O esforço em equipe que garantiu a Iugoslávia o quarto lugar na competição e consolidou um momento histórico para o esporte.

REFERÊNCIAS

GALTUNG, Johan. Transcend and Transform: An Introduction to Conflict Work. Pluto Press, 2004.