Amanda Araújo – Acadêmica do 3º semestre de Relações Internacionais

Angelina Jolie Voight, nascida em Los Angeles – Califórnia, é uma atriz e cineasta de 45 anos, já participou de diversas produções cinematográficas, as quais lhe renderam grandes prêmios e a firmaram como referência dentro do meio artístico.
A artista não é reconhecida somente pela sua carreira brilhante, o seu ativismo e luta em favor da conservação ambiental, direitos das mulheres, educação e defesa dos refugiados vem chamando atenção ao longo dos anos.
Jolie teve a sua primeira missão em Serra Leoa, durante os anos finais da guerra
civil que se estendeu de 1991 a 2002.
Desde então, a atriz começou sua jornada, viajando para diversos países como Líbano, Curdistão, entre outros, para saber mais sobre as condições dos refugiados nessas áreas e contribuir com doações e trabalhos voluntários. Por esse motivo, foi nomeada Embaixadora da Boa Vontade do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) e, posteriormente, trabalhou como enviada especial da mesma organização.
Em 2003, a ativista lançou o “Diário das minhas viagens” e o longa-metragem “Amor sem fronteiras”, o primeiro é uma coleção de relatos sobre sua experiência em campo e o segundo uma produção que reflete seu interesse em promover o trabalho humanitário. Além disso, no mesmo ano, criou a Fundação Maddox Jolie-Pitt, no Camboja, a qual dedica-se à erradicação da pobreza rural extrema e promove uma economia rural sustentável.
Os anos seguintes foram marcados pelo trabalho contínuo da cineasta em prol das causas sociais. Em 2005 lançou o Centro Nacional para Crianças Refugiadas e Imigrantes e, no ano de 2007, organizou junto com o Conselho de Relações Exteriores uma conferência sobre o direito internacional e a justiça, financiando relatórios especiais como o de “Intervenção para parar o Genocídio e as Atrocidades em massa”, além de oficializar a Jolie Legal Fallows, uma rede de advogados patrocinados para defender a continuidade dos direitos humanos em seus país de origem.
Angelina Jolie recebeu muitos prêmios em reconhecimento de seu trabalho humanitário, sendo a primeira pessoa a receber o prêmio de Cidadão do Mundo pela Associação de Correspondentes das Nações Unidas. Comparada a Audrey
Hepburn, em virtude de seus esforços sociais, a atriz declarou sentir-se privilegiada por fazer parte de tudo isso e que, no futuro, seus filhos irão visitar e aprender com os refugiados.

REFERÊNCIAS

ANGELINA JOLIE FALA SOBRE COMPARAÇÕES COM AUDREY HEPBURN.
Quem, 2020. Disponível em <http://revistaepoca.globo.com/Revista/Quem/0,,EMI78336-9531,00.html>

ANGELINA JOLIE NAMED UNHCR GOODWILL AMBASSADOR FOR
REFUGEES
. Disponível em < «Angelina Jolie named UNHCR Goodwill Ambassador for refugees» > Acesso em 04 de junho de 2021.

DE GAROTA MÁ A ATIVISTA HUMANITÁRIA ANGELINA CHEGA AOS 40. Veja