Mary W. Jackson

mary w. jackson

Ana Adrianny Nogueira – Acadêmica do 7° semestre de Relações Internacionais da UNAMA

A Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço dos Estados Unidos (NASA) anunciou recentemente a renomeação de sua sede para homenagear a primeira engenheira afro-americana da agência, Mary W. Jackson, pelas suas contribuições físicas e acadêmicas realizadas no local.   

Mary Winston Jackson nasceu em Hampton, Estados Unidos, em 9 de abril de 1921. Desde cedo demonstrava uma inteligência excepcional, finalizando o ensino básico na escola para negros de sua região com honrarias pelo seu empenho escolar. Em 1942, Mary formou-se no Hampton Institute, com dupla graduação em Matemática e Ciência Física. 

Porém, a entrada na NASA não foi imediata. Passou por diversos empregos – foi professora de matemática, contadora e recepcionista, até que em 1951, conseguiu um emprego na agência NACA (predecessora da NASA) como matemática, ou como “computador humano”, como eram denominadas as mulheres matemáticas da época.

Jackson enfrentou inúmeras dificuldades em seu trabalho, pela desigualdade e fragmentação existente na agência, chegando a pensar na aposentadoria prematura. Porém conheceu o engenheiro  Kazimierz Czarnecki, que a fez mudar de ideia e a incentivou a fazer curso de engenharia para mudar seu título de “matemática” para “engenheira”.

Ao concluir o curso, foi promovida pela agência ao cargo de engenheira espacial, tornando-se, em 1958, a primeira mulher negra engenheira da NASA. Jackson  se especializou no estudo de túneis de ventos e na análise de dados de aeronaves experimentais e durante 20 anos de atividade, produziu inúmeros artigos e documentos para aprimorar os estudos na sua especialidade.

Nos últimos anos de sua carreira ingressou no Langley’s Federal Women’s Program Manager, mais especificamente no “Programa de Oportunidades Iguais”, programa o qual Jackson aconselhava jovens mulheres em suas carreiras, incentivando na busca de novos cargos e posições que aspiravam.

Continuou trabalhando na NASA até sua aposentadoria, em 1985. Recebeu diversas homenagens ao longo de sua carreira como: o Apollo Group Achievement Award e a nomeação de Langley’s Volunteer do ano, em 1976. Faleceu no dia 11 de fevereiro de 2005, aos 83 anos de idade, deixando um legado na história da luta pelos direitos das mulheres e dos negros.

Referências:  

TECHLADIES. Quem foi Mary Jackson?. Disponível em: < http://www.techladies.com.br/quem-foi-mary-jackson/ >. Acesso em: 07 de julho de 2020.

INBEC. NASA renomeia sede para homenagear engenheira negra Mary W. Jackson.  Disponível em: < https://www.inbec.com.br/blog/nasa-renomeia-sede-para-homenagear-engenheira-negra-mary-w-jackson. >. Acesso em: 07 de julho de 2020.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s