A importância da mediação de conflitos no mundo contemporâneo

mediação

Ana Beatriz Cruz da Costa – Acadêmica do 5° semestre de Relações Internacionais da UNAMA

O campo das Relações Internacionais surgiu como um meio de estudar interações, principalmente, conflituosas entre Estados. Desde então, os profissionais da área buscam embasamento para compreender o ambiente internacional e promover meios acessíveis e mais pacíficos para a resolução de problemas existentes que possam afetar a segurança internacional. Com isso, processos de negociação, como Arbitragem, Conciliação e Mediação, são regularmente utilizados por Organismos Internacionais ou Regionais, Fóruns, Estados e outros Atores, como meio de criar um ambiente de diálogo onde as partes possam expressar seus anseios e interesses.

Sendo um dos processos de negociação mais utilizados, a Mediação foi vista, após o fim da Guerra Fria, como um recurso que atingia resultados satisfatórios tendo em vista a onda de conflitos civis e regionais. A mediação consiste em um processo voluntário, onde o agente mediador deve ser imparcial e deve estruturar todo o processo onde as partes exporão seus posicionamentos e interesses a fim de chegar em um acordo. 

Entretanto, assim como qualquer outro processo, a mediação vigente possui certas dificuldades, considerando que a situação internacional está em constante mudança e os conflitos possuem origens estruturais que envolvem muitas variáveis e outros atores que não estão dispostos a cooperar.

A Guerra na Síria, por exemplo, se mantém devido à grande divergência entre o governo e outros grupos internos como a SDF (Forças Democráticas Sírias), os ataques do território Turco ao povo Curdo que se concentra nas fronteiras da Síria, ataques de rebeldes sírios e também a ameaça do Estado Islâmico, gerando uma grande instabilidade política e crise humanitária. 

Com o caso supracitado, é possível compreender a dificuldade da resolução desse conflito pelo fato de envolver muitos atores e questões, que não necessariamente estão dispostos a colaborar ou que sejam resolvidas com apenas um acordo. Em conformidade com os conceitos de Paz Negativa e Paz Positiva de J. Galtung, é possível inferir que a mediação é importante não somente para o “cessar-fogo” como também para resolver problemas de Violência Estrutural e Cultural de maneira que a agressão direta não seja mais necessária.

Nye e Keohane, na obra “Power and Interdependence”, afirmam que a emergência de novos atores internacionais modifica o cenário internacional e não somente os Estados que influenciam sobre isso, e essa relação entre Estados e outros atores podem originar conflitos em diversos âmbitos, onde os processos de negociação são de suma importância. 

O pensamento de Keohane também incide sobre o Institucionalismo Liberal, o qual pontua a importância de instituições multilaterais e a existência de Fóruns Internacionais para diálogo e cooperação entre atores. 

Ao enfatizar a importância desses ambientes para a diminuição de incertezas a partir da mediação neutra de ganhos e condições, Keohane sublinha o que facilita acordos e diminui a tensão.

Assim, a ONU, como a maior instituição mediadora mundial, é inspirada no institucionalismo liberal com o objetivo da governança democrática, da paz coletiva e não agressão.  

Referências:

KEOHANE, Robert e NYE, Joseph. Power and Interdependence. Nova Iorque: Longman, 1989.

HOROWITZ, Sara. ​Mediation​. p. 51-63. In: WEBEL, C. GALTUNG, J. Handbook of peace and conflict. London/New York: Routledge, 2007. 

CROCKER, Chester A. HAMPSON, Fen Osler. AALL, Pamela. PALAMAR, Simon. ​Why is mediation so hard? The case of Syria. ​ p. 139-153. ​In: GALLUCIO, Mauro. Handbook of International Negotiation: Interpersonal, Intercultural, and Diplomatic Perspectives. London: Springer, 201

CASTRO, Thales. Teoria das relações internacionais. / Thales castro – Brasília: FUNAG, 2012.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s