dia-mundial-da-agua

Paolla Aquino – Acadêmica do 3° Semestre de Relações Internacionais da UNAMA

De acordo com a teoria neorrealista – ou realismo estrutural – de Kenneth Waltz, o evento que mais ocorre dentro das relações internacionais é o conflito, e nos conflitos não há vencedores, apenas partes mais ou menos prejudicadas. Em suas duas obras (Man, the State and War de 1959 e Theory of International Politics, 1979), Waltz desenvolve as causas que permitem que o conflito se instale e examina os fatos constantes do sistema internacional, para assim propor uma teoria da política internacional.

O cientista político norte-americano aponta que as causas dos conflitos devem-se por conta de três “imagens”, como o próprio autor se refere: o homem, a organização do Estado e o sistema internacional de Estados. Apesar de ele apresentar e examinar as duas primeiras imagens, Waltz conclui que o motivo mais decisivo para que ocorra o conflito é o Sistema Internacional (terceira imagem) visto que ele é anárquico, isso implica dizer que as guerras ocorrem porque não há nada que as previna de acontecer. Assim, o teórico expõe que a estrutura do sistema é de grande importância, e devido ao sistema internacional ser anárquico, acaba por criar um sistema “self-help” no qual os Estados dependem de seus próprios esforços para garantir sua sobrevivência. Logo, Waltz acrescenta que o poder não é um fim e sim, um meio, e a balança de poder culmina na ordem anárquica do sistema internacional somado com a situação em que o Estado se encontra.

Primeiramente, o planeta Terra é conhecido por ser o ‘planeta água’ posto que é um planeta que tem 71% de sua superfície coberto por água, que além de compor o nosso planeta, também compõe a vida dos seres vivos que a habitam, sendo de extrema importância para a sua sobrevivência. Apesar da água ser um recurso abundante, ela é considerada um recurso natural finito, sendo 97,5% da água disponível é salgada e considerada imprópria para o consumo, enquanto que apenas 2,5% do total é água doce, sendo assim, própria para consumo. Ademais, a água não se distribui homogeneamente no planeta, tendo em vista o continente americano, o que tem maior disponibilidade de água doce e a Oceania, o continente com menor disponibilidade de água doce.

Diante deste cenário, muitos países acabam por sofrer devido à escassez de água enquanto que em outros países há o consumo exagerado dela. A Organização das Nações Unidas (ONU) já apresentou dados que mostram que cerca de 1,1 bilhão de pessoas em todo o mundo não têm acesso a água potável e nos países em desenvolvimento esse problema aparece relacionado a 80% das mortes e enfermidades. A água sendo um recurso que perpassa por todas as áreas do desenvolvimento da civilização acaba por ter uma grande demanda devido a urbanização, crescimento populacional e industrialização. A exemplo disso, no Brasil 54% da água é direcionado para o agronegócio e, mesmo o país tendo 12% do total de água doce do mundo, este já sofre com a escassez de água em diversas regiões do país.

Analisando a escassez de água notamos que já vivemos num mundo em que ter o controle da água significa possuir poder dentro do sistema internacional, visto que as relações entre as unidades políticas se dão à sombra da guerra, então o sucesso ou fracasso dos Estados depende unicamente de seus próprios esforços. Sendo assim, o Estado que detém do controle da água acaba por ter um meio para garantir a sua sobrevivência, além de poder aumentar seu poder-força dentro da balança de poder. Exemplo disso, é a região do Oriente Médio que sofre pela escassez de água e, qualquer possibilidade de controle da utilização da água gera novas disputas entre os Estados.

REFERÊNCIAS:

SARFATI, G. Teoria das Relações Internacionais. São Paulo: Saraiva, 2005.

ÁGUA. Biologia Net, 2020. Disponível em < https://www.biologianet.com/biologia-celular/agua.htm > Acesso em 17 de março de 2020. 

ASCOM/ANA. Falta de água potável no mundo aparece relacionada a 80% das mortes e doenças. Agência Nacional de Águas, 2020. Disponível em: <https://www.ana.gov.br/noticias-antigas/falta-de-a-gua-pota-vel-no-mundo-aparece.2019-03-14.1777251782> Acesso em 17 de março de 2020.

RADIO AGÊNCIA NP. Desigualdade da água reflete falta de um projeto de desenvolvimento popular. Agência Nacional de Águas, 2020. Disponível em:  <https://www.ana.gov.br/noticias-antigas/desigualdade-da-a-gua-reflete-falta-de-um-projeto.2019-03-15.6447106708> Acesso em 17 de março de 2020.

CETESB. O problema da escassez de água no mundo. Águas Interiores, 2020. Disponível em: <https://cetesb.sp.gov.br/aguas-interiores/informacoes-basicas/tpos-de-agua/o-problema-da-escasez-de-agua-no-mundo> Acesso em 17 de março de 2020.