NATAL ORTODOXO

13770985

Jhennyfer Rayssa de Souza Gonçalves – Acadêmica do 5º semestre de Relações Internacionais

O Natal, uma festividade religiosa que representa o nascimento de Jesus Cristo, é conhecido mundialmente e celebrado em algumas culturas. É uma data muito importante e significativa para diversas religiões, no entanto é comemorada de diferentes formas.

De acordo com o teórico Andrew Linklater(1998), mesmo que cada indivíduo seja diferente e tenha costumes diferentes, todos devem ser levados em consideração em relação à igualdade e aos seus direitos. O autor propõe uma ampliação da comunidade dialógica, para que todos os homens, independentemente de cultura ou religião, possam interagir, em promoção de um panorama mais justo e ético. Marcos Nobre (2008), argumenta que a convivência de diversas culturas, faz com que a imposição de um único modelo cultural se torne mais aguda, influenciando no modo de viver e ver as coisas. A diversidade religiosa no mundo é muito grande, as religiões mais seguidas são: o cristianismo, o islamismo, hinduísmo e o budismo. Muitas Igrejas seguem o cristianismo, a mais conhecida é a Igreja Católica, que tem uma relação direta com a criação da Igreja Ortodoxa. 

A sua criação se deu no ano de 1054, devido a algumas diferenças políticas e teológicas que marcavam o catolicismo, fazendo com que ocorresse uma ruptura que culminaria na ascendência da Igreja Ortodoxa. O Grande Cisma foi um acontecimento que marcou e separou a Igreja em duas partes: a Igreja Apostólica Romana e a Igreja Ortodoxa. Apesar de terem a mesma origem, há algumas diferenças bem explicitas entre as duas religiões, como: a questão da salvação; o batismo; a liturgia e o Natal. 

O Natal na Igreja Ortodoxa é comemorado no dia 7 de janeiro, essa data corresponde ao dia 25 de dezembro no calendário juliano, ao qual a religião ortodoxa segue. A celebração é feita à meia-noite, mas a preparação ocorre antes, com a limpeza dos lares, a organização da casa, os fiéis se reunindo em grupos para formarem lindos corais, onde cantam músicas religiosas que representem o Natal, estes grupos também fazem caminhadas até os rios, mares e lagos de sua cidade, levam crucifixos e mergulham o mesmo na água, a fim de benzer e tornarem-na pura, alguns cristãos levam para casa, com o intuito de abençoarem-na os seus lares. O dia 06 de janeiro, é um dia de paz, oração e reflexão, os religiosos se reúnem com amigos e familiares, para fazer uma grande celebração em nome de Jesus Cristo, organizam a ceia ao ar livre e acendem muitas velas, esta reunião geralmente acontece nos interiores de cada cidade, festejam em harmonia com os outros e com a vida, neste dia não há troca de presentes, em alguns lugares ocorre no dia do Ano Novo. 

Mesmo seguindo caminhos e crenças diferentes, a relação das duas igrejas é amistosa. Em 2016, ocorreu um encontro histórico entre o Papa Francisco e o Patriarca Kirill, na cidade de Havana, em Cuba. As Igrejas não mantinham uma relação desde o Grande Cisma, com o passar dos anos a aproximação foi ficando mais difícil, um problema que se agravou não pelas questões religiosas, mas também, pela falta de comunicação entre as duas entidades e da influência cultural. Para Linklater “todas as sociedades são capazes de participar de uma comunidade comunicativa universal” (LINKLATER, 1998). De acordo com a citação, é possível viver harmonia, desde que haja comunicação entre as sociedades, mesmo cada uma seguindo preceitos culturais e religiosos diferentes do outro. 

No dia 07 de janeiro, passados treze dias do dia de Natal para os católicos, os cristãos ortodoxos preparam-se para celebrar a vida, a paz, a saúde e o nascimento de Jesus, todos em sintonia com seus familiares e amigos, agradecem e pedem bençãos para todos seus entes queridos e à todos que mais necessitam, sem olhar a raça, estrutura, classe ou crença. 

Referências

ERPEN, Jackson. Saiba por que as Igrejas Ortodoxas celebram o Natal no dia 7 de Janeiro. Disponível em:<https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2018-01/igrejas-ortodoxas-celebram-o-natal-em-7-de-janeiro.html>

BBC News. Quais são as diferenças entre o Natal católico e o ortodoxo. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/geral-50903246>

Raízes da Fe. Documentário History Channel 

Amplição da comunidade política – Cosmopolitismo  e ética dialógica em Andrew Linklater. Disponível  em: < https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/10849/10849_3.PDF>

MONTERO, Paula. Jürgen Habermas: religião, diversidade cultural e publicidade. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002009000200011>

BBC Mundo. O encontro histórico entre o papa Francisco e o patriarca Kirill. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2016/02/160212_papa_uniao_lk&gt;

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s