Maria Clara Cruz – Acadêmica do 2° semestre do curso de Relações Internacionais da UNAMA

Barcarena_Bacia-de-Rejeitos_PedrosaNeto_05.jpg

Após receberem denúncias da população e diversas negativas da mineradora e de fiscalizações da Secretaria de Meio Ambiente do Pará, o Instituto Evandro Chagas, através de um laudo, constatou o vazamento de rejeitos e a presença de diversos metais pesados, inclusive de chumbo, em comunidades ribeirinhas. Com isso, milhares de famílias se viram sem saída e forçadas a se deslocarem para longe de suas casa, sem o mínimo de recursos.
No dia 16 de setembro de 2019 à partir das 18h no Auditório Hailton Corrêa Nascimento ICJ/UFPA (altos), O Grupo de Pesquisa “o direito humano de não ser forçadamente um deslocado ambiental: um estudo à partir dos desastres ambientais de Barcarena no Pará” contemplará o publico com uma mesa redonda, cuja tem o objetivo de abordar o tema e expor os resultados alcançados através da pesquisa desenvolvida. As inscrições para o evento são gratuitas, e ocorrerão no dia ou através do site :https//www.even3.com.br/mesaredondadeslocadosforcadosambientais/