Maria Eduarda Diniz – acadêmica do 3° semestre de Relações Internacionais da UNAMA

Trash: A esperança vem do Lixo (2014)

Resultado de imagem para trash a esperança vem do lixo

Trash carrega um retrato fiel e demasiado atual da realidade brasileira, em especial do problema das instituições brasileiras e da estrutura social do país. O filme segue Gardo (Eduardo Luís) e Raphael (Rickson Tevez), que são garotos que vivem em um lixão e sempre buscam algo valioso entre os restos despejados no local todo dia. Um dia, Raphael encontra uma carteira com uma boa quantia em dinheiro e a divide com o amigo. Entretanto, logo surge o policial Frederico (Selton Mello), que está justamente procurando a tal carteira a mando de um candidato a prefeito, Santos (Stepan Nercessian). Os garotos não revelam que a encontraram e pedem ajuda a Rato (Gabriel Weinstein), também morador do lixão, para que possam descobrir o que ela tem de tão importante. É quando percebem que, através de uma chave, embarcarão em uma verdadeira caça ao tesouro.

O filme continuamente e, às vezes, de forma sutil alfineta instituições políticas e religiosas que poucos filmes brasileiros têm a coragem de alfinetar. Ele demonstra vários dos problemas sociais, políticos e ideológicos que cercam o país e, á medida que vamos assistindo ao filme vamos percebendo isso, que também cercam o mundo. A história desses três meninos, os quais não eram atores profissionais na época em que fizeram o longa, poderia muito bem ser o retrato da Índia, das Filipinas ou da periferia do Japão ou dos Estados Unidos da América. O filme carrega um retrato trágico da desigualdade presente na sociedade hoje, o que horas é amenizado pelas brincadeiras das crianças, ou que horas se mostra mais “pesado” à medida que vamos percebendo a perda da inocência.

 

Cafarnaum (2018)

Resultado de imagem para cafarnaum filme

Depois de fugir de seus pais negligentes e abusivos e cometer um crime violento, um esperto garoto libanês de doze anos é condenado a cinco anos de prisão. Como protesto contra a vida que lhe foi imposta, ele processa o casal que o criou. Em seu depoimento, ele pede que seus pais parem de ter filhos.

Zain é o retrato da pobreza e desigualdade infantil, já jovem é responsável por cuidar de seus irmãos menores devido à constante negligencia de seus pais. O filme vai acompanhando as escolhas de Zain e para onde elas o levam durante sua caminhada, primeiro às ruas, depois ao tribunal. Um país recheado de pobreza, conflitos e segregação é o pano de fundo dessa narrativa, a qual continuamente é severa para com o observador, porque nos faz questionar quantos Zains já passaram por nós pela rua e quantas foram as vezes que lhes demos atenção. Não é possível contar tanto da trama, pois cada cena é recheada de importância e é necessário assistir o filme por completo para entender até onde vai a falta de auxilio às camadas mais vulneráveis da sociedade humana de hoje.

REFERÊNCIAS

Trash – A Esperança vem do lixo. Disponível em: <http://www.adorocinema.com/filmes/filme-192550/&gt;. Acesso em: junho de 2019.

Cafarnaum. Disponível em: <http://www.adorocinema.com/filmes/filme-251090/&gt;. Acesso em: junho de 2019.