a1

Acordo entre UE e Mercosul é iminente, dizem Bolsonaro e Macri

      Jair Bolsonaro e Mauricio Macri, garantiram que a assinatura de um acordo comercial entre a União Europeia (UE) e o Mercosul é iminente. As negociações entre a UE e o Mercosul se arrastam há mais de duas décadas. Em 2004, os dois blocos chegaram a trocar propostas, mas a iniciativa fracassou diante da discordância sobre a natureza dos produtos e serviços que seriam englobados no acordo. Nos últimos três anos, as negociações tiveram um progresso mais significativo, mas ainda esbarram em várias divergências.

Para ler a notícia completa, acesse: https://www.dw.com/pt-br/acordo-entre-ue-e-mercosul-%C3%A9-iminente-dizem-bolsonaro-e-macri/a-49093910

BRITAIN-EU-POLITICS-BREXIT-COURT-JOHNSON

Le départ de Theresa May de la direction du Parti conservateur ouvre la voie à Boris Johnson

A saída de Theresa May da liderança conservadora prepara o caminho para Boris Johnson

         Enquanto Theresa May renunciava a sua posição de Primeira-Ministra, o Partido Conservador já estava formalizando o início da corrida para sua sucessão. O mais cotado para substituir May no cargo é Boris Johnson. Contrariamente às previsões dos bookmakers, o partido de Brexit não ganhou seu primeiro deputado em Westminster. O principal beneficiário não é outro senão o partido que começou apenas dois meses pelo líder de extrema-direita, Nigel Farage, que prospera com a ideia de uma “traição Brexit”.

Acompanhe a notícia completa, em: https://www.lemonde.fr/international/article/2019/06/07/le-depart-de-theresa-may-de-la-direction-du-parti-conservateur-ouvre-la-voie-a-boris-johnson_5472592_3210.html

a3

México aumenta ofensiva sobre imigrantes para conter ameaça tarifária de Trump

          A pressão de Donald Trump contra o México em questões de imigração surtiu efeito. O Governo de Obrador prometeu reforçar a fronteira sul do país depois de dois dias de negociações para evitar a entrada em vigor da nova tarifa anunciada por Washington. A secretária de Governo, Olga Sánchez Cordero, anunciou que o México reforçará a fronteira com a Guatemala enviando até 6.000 soldados da Guarda Nacional. O México reconhece que terá de aumentar os controles migratórios na fronteira sul e em todo o seu território.

Veja a notícia completa, em: https://brasil.elpais.com/brasil/2019/06/06/internacional/1559854140_792455.html

a4

Venezuela crisis: Four million have fled the country, UN says

Crise na Venezuela: quatro milhões fugiram do país, diz ONU

           Mais de quatro milhões de venezuelanos fugiram de seu país em meio a uma crise econômica e humanitária, segundo agências da ONU. O ritmo das pessoas que fogem “disparou” desde o final de 2015, com cerca de um milhão saindo apenas nos últimos sete meses. As agências disseram que os países que hospedam os migrantes e refugiados estavam em “necessidade urgente” de apoio internacional. A crise se aprofundou este ano em meio a uma amarga disputa de poder entre o governo e a oposição.

Veja a notícia completa, em: https://www.bbc.com/news/world-latin-america-48559739

a5

Sudan opposition says it accepts Ethiopia PM as mediator

Oposição do Sudão diz que aceita a PM da Etiópia como mediadora

           A principal aliança de grupos de oposição e manifestantes do Sudão diz que aceita o primeiro-ministro da Etiópia, Abiy Ahmed, como um mediador em seu impasse político com o Conselho Militar de Transição (TMC) sob certas condições. O escritório de direitos humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) está tentando enviar uma equipe de monitoramento ao Sudão para examinar supostas violações durante a operação militar desta semana, informou o porta-voz da agência, Rupert Colville.

Para acompanhar a notícia na integra, acesse: https://www.aljazeera.com/news/2019/06/ethiopian-pm-abiy-ahmed-begins-mediation-talks-sudan-190607065911391.html

a6

US and Russian warships nearly collide in the Pacific

Navios de guerra americanos e russos quase colidem no Pacífico

          As marinhas dos Estados Unidos e da Rússia estão em desacordo com uma aparente quase colisão no Pacífico, com cada lado culpando o outro. Os navios de guerra americanos e russos chegaram a um ponto entre 50 pés e 165 metros um do outro, de acordo com os dois relatórios opostos, com ambos os lados alegando que seus navios foram forçados a realizar manobras de emergência para evitar uma colisão. Este último incidente ocorre poucos dias depois de a Marinha dos EUA ter acusado a Rússia de interceptar uma aeronave dos EUA.

Veja a notícia completa, em: https://edition.cnn.com/2019/06/07/politics/us-russia-navy-near-collision-intl/index.html

 

Calendário ONU

8 de junho – Dia Mundial dos Oceanos

12 de junho – Dia Mundial contra o Trabalho Infantil

13 de junho – Dia Internacional de Conscientização sobre o Albinismo

15 de junho – Dia Mundial da Conscientização Contra o Abuso de Idosos

 

*Tradução nossa.