Maria Eduarda Diniz – Acadêmica do 3° semestre de Relações Internacionais da UNAMA

A ÚLTIMA HORA (2007)

Resultado de imagem para a ultima hora FILME

A última hora (2007) é um documentário, narrado e produzido por Leonardo DiCaprio, que aborda os desastres naturais causados pela própria humanidade. Mostra como o ecossistema tem sido destruído e o que é possível fazer para reverter esse quadro. Entrevistas com mais de 50 renomados cientistas e líderes, como Stephen Hawking e o ex-presidente soviético Mikhail Gorbachev, ajudam a esclarecer essas importantes questões, assim como indicar alternativas possíveis à sustentabilidade.

O documentário, apesar de ter sido gravado há mais de 10 anos, ainda traz questionamentos importantes , demonstrando a desproporcionalidade entre os nossos desejos e aquilo que a natureza pode oferecer. Desde o inicio pedimos a natureza que nos atenda, mas, cada vez mais isso tem custado à ela, e como prova dos excessos humanos, vários são os desastres que aparecem nos noticiários. Agora, o alerta está mais alto, mas assusta ver tantos países desistindo da luta climática e ambiental em prol de seus interesses pessoais e políticos.

ILHA DAS FLORES (1989)

Resultado de imagem para curta metragem ilha das flores

Ilha das flores (1989) é um curta que mostra o ciclo do tomate desde o cultivo até a chegada à mesa do consumidor e o seu descarte, indo parar no lixão. Faz uma crítica ao processo de geração de riqueza e desigualdades que surgem em seu caminho.

O curta é muito bom para trazer o questionamento de como e, se estamos dando importância ao que consumimos. Mostrando o ciclo do tomate até a Ilha das Flores, o espectador passa a se questionar-se, como as pessoas filmadas se estão dando tão pouco caso ao seu alimento diário e ao desperdício, além de demonstrar a desproporcionalidade entre a riqueza de uns e a pobreza de outros. O destino final do tomate demonstra uma realidade que poucas pessoas enxergam, ou sequer pensam. A moral é que, diante da criação de tantas necessidades humanas, deve-se dar mais valor ao que já se obteve.